Setembro Amarelo: 6 ações para melhorar a saúde mental no trabalho

Setembro Amarelo: 6 ações para melhorar a saúde mental no trabalho

Por Thiago Rodrigues - 3 de setembro de 2021 -

O Setembro Amarelo é uma campanha criada para alertar as pessoas sobre a conscientização e prevenção contra o suicídio, seja por meio de ações no Brasil inteiro, seja com caminhadas e iluminações em monumentos históricos.

Esse movimento começou a partir da história de Mike Emme, nos Estados Unidos, que cometeu suicídio em 1994, tendo apenas 17 anos. Na ocasião, diversos jovens começaram a utilizar cartões amarelos como um pedido de auxílio para as pessoas próximas, incentivando indivíduos que têm pensamentos suicidas a procurarem ajuda. A partir disso, o dia 10 de setembro foi a data escolhida como o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Quer entender melhor sobre o Setembro Amarelo? Não deixe de conferir todos os tópicos a seguir. Boa leitura!

Qual a importância da saúde mental no trabalho?

Neste Setembro Amarelo, é preciso reforçar a relevância da saúde mental no trabalho, pois ela tem um impacto direto nas atividades cotidianas e no bem-estar diário, tanto na vida profissional quanto na pessoal.

Dessa forma, quando uma empresa não investe na saúde mental dos colaboradores, eles podem acabar adoecendo e tendo problemas como depressão, ansiedade, síndrome do pânico, entre outros. Para evitar que isso aconteça, é preciso investir em ações que ajudem os profissionais a executar suas atividades sem pressão e sem cobranças excessivas.

Quais ações as empresas podem adotar para melhorar a saúde mental no trabalho?

Agora que você já sabe a importância da saúde mental no trabalho, é preciso descobrir as ações mais indicadas para adotar nesse momento. Confira!

1. Parcerias com academias

Muitas pessoas não vão à academia por falta de tempo ou de condições financeiras. Mas o que se sabe é que os exercícios físicos costumam ser grandes aliados de quem deseja melhorar não só a saúde física como também a mental. Por isso, se o objetivo é ajudar sua equipe a melhorar a saúde mental, não deixe de investir em parcerias com academias.

Essa estratégia vai ser um incentivo a mais para que os colaboradores tenham motivação para treinar todos os dias, seja antes do trabalho, seja na hora do almoço ou até mesmo quando terminar o expediente na empresa. Dessa forma, fica mais fácil as pessoas conseguirem executar suas demandas diárias de forma mais tranquila e com menos estresse.

2. Mindfulness

O mindfulness é um tipo de meditação realizada para desenvolver a atenção plena do indivíduo. Ela objetiva promover a consciência corporal e auxiliar no controle do estresse ao aliar a mente ao corpo para que eles fiquem em equilíbrio. Porém, a fim de garantir os melhores resultados durante o mindfulness, pode-se formar grupos entre os profissionais, convidando-os para uma conversa sobre essa prática.

Além disso, também é importante incentivar essa meditação fora do local de trabalho, permitindo que todos consigam enxergar o mindfulness como um hábito que deve ser adotado no dia a dia. Assim, os praticantes conseguirão manter a atenção plena e o equilíbrio por mais tempo.

3. Atividades em conjunto

Outra estratégia que pode ser adotada no Setembro Amarelo — e também em outras épocas do ano — é promover atividades em conjunto com a equipe. Por exemplo, é viável reservar um momento para dança ou gincana com os colaboradores. Essas ações promovem a interação entre os participantes, criando um ambiente agradável de empatia e companheirismo.

Caso a equipe esteja trabalhando em regime de home office, a empresa também poderá investir em dinâmicas online por meio de chamada de vídeo entre os profissionais. Nesse contexto, ter um momento de descontração e conversas divertidas contribui para que o trabalho fique menos monótono.

4. Palestras

Realizar palestras sobre o Setembro Amarelo também deve ser uma pauta da empresa que deseja investir em saúde mental no trabalho. As pessoas precisam ter consciência da importância desse tema e das possíveis formas de evitar o surgimento de problemas na mente.

As palestras podem ser tanto no formato presencial quanto no online. Elas devem levar o profissional a perceber a relevância de sua vida e como é possível adotar práticas que garantam mais saúde e bem-estar no dia a dia. Além disso, também é preciso orientar os colaboradores a buscarem ajuda médica, caso seja necessário.

5. Incentivo à prática de atividades físicas

Já falei da importância de fazer parcerias com academia, não é mesmo? No entanto, para melhorar a saúde mental no trabalho, também é fundamental que a companhia incentive a prática de atividades físicas dentro do ambiente corporativo. Isso pode ser feito por meio de um espaço reservado para o bem-estar dos colaboradores, formando grupos para a prática de corrida, ginástica laboral, caminhada etc.

A partir disso, você conseguirá quebrar o clima pesado do ambiente de trabalho e oferecer um momento de descontração e interação social com o seu time. Da mesma forma que contribui para aumentar a produtividade da equipe sem tantas cobranças.

6. Oferecimento de benefícios

O principal benefício que ajuda a garantir o bem-estar dos funcionários é o plano de saúde, pois eles ficam acobertados na hora de realizar uma consulta com psicólogo e psiquiatra, por exemplo. Mas, além disso, também é importante que a organização contrate um profissional de saúde para conversar com os funcionários mensalmente. Essa é uma maneira de incentivar que todos tenham mais atenção com sua saúde mental.

Visando tornar esse momento ainda mais especial para os colaboradores, durante a sessão, a empresa pode ofertar um brinde para as pessoas. Dessa forma, será possível agraciar a equipe, demonstrando que a organização se importa em manter a qualidade de vida de todos que atuam no local.

Muitas pessoas adoecem no ambiente de trabalho por má gestão do líder, excesso de atividades, desentendimentos com os gestores, entre outros. Por isso, as empresas precisam investir na campanha Setembro Amarelo, de modo a evitar que os profissionais tenham pensamentos destrutivos e adoeçam de enfermidades como depressão, ansiedade, transtorno bipolar, esquizofrenia etc. Além disso, ainda ajudam a manter a qualidade de vida da equipe, seja na vida pessoal seja na profissional.

Gostou das ações de Setembro Amarelo que apresentei ao longo do artigo? Então, não deixe de compartilhar este texto nas suas redes sociais para ajudar outras pessoas a entenderem melhor sobre a importância desse tema!