Papel semente: o que é e como usá-lo em suas comunicações? Confira!

Papel semente: o que é e como usá-lo em suas comunicações? Confira!

Por Thiago Rodrigues - 24 de março de 2021 -

Produtos biodegradáveis não são bem uma novidade no mercado, não é mesmo? Mas você conhece algum item que brote, cresça e floresça depois de ter cumprido a sua função? Isso é o que faz o papel semente, uma ideia inovadora que um casal de brasileiros trouxe da Inglaterra.

Com a ideia de contribuir para uma sociedade mais ambientalmente consciente, o papel que vira planta é uma extraordinária ideia para ser incluída nas estratégias de comunicação das empresas. Afinal, quem não gostaria de ver a mágica da transformação e da reciclagem acontecer?

É sobre isso que vou falar por aqui. Continue sua leitura e descubra como o papel semente pode inspirar os consumidores!

O que é o papel semente?

O papel semente é um papel produzido com materiais reciclados, 100% biodegradável e que contém vida em seu interior. Isso mesmo! Depois de cumprir a sua função utilitária para a qual foi encomendado, pode ser picado, plantado e regado, à espera do nascimento de uma plantinha.

Isso acontece porque os produtos têm sementes entre as fibras de papel, as quais estão em seu estado de dormência. Ao serem postas na terra e ao receberem os cuidados de que todo grão necessita (luz e água), as sementes germinam após cerca de 1 mês, dependendo das condições climáticas do local em que forem cultivadas.

Não é uma graça? Isso vai encantar qualquer cliente!

Como funciona o processo de fabricação?

A Papel Semente é uma empresa que tem valores sociais e ambientais. Assim, hoje, conta com sete funcionários, moradores da região de Guaxindiba, em São Gonçalo no Rio de Janeiro, onde se localiza a fábrica.

Todos eles passaram por um curso de capacitação para produzir um papel reciclado artesanalmente, que levará as sementes em seu interior. Os itens são feitos com restos de papéis que foram coletados pelas cooperativas de catadores de materiais recicláveis da região.

De acordo com a empresa, as melhores variedades de sementes para plantar são:

  • cravinho-francês (flor);
  • margarida-gigante branca (flor);
  • papoula (flor);
  • agrião;
  • rúcula
  • mostarda;
  • manjericão;
  • salsinha;
  • tomate;
  • cenoura;
  • almeirão.

De que forma você pode usar esse papel nas suas comunicações?

O papel semente é uma ótima ideia para inovar as estratégias de comunicação das empresas que têm essa preocupação com o meio ambiente e querem atrair e fidelizar clientes com os mesmos valores. Além de produzirem simples folhas A4 ecológicas, os itens são personalizados conforme a necessidade de cada empresa.

Com gramaturas entre 180 e 320 g em off white, o papel semente aceita muito bem processos como hot stamping e alto e baixo-relevo. Isso possibilita uma infinidade de aplicações. Algumas dicas são as seguintes:

  • crachás;
  • cartões de visitas;
  • convites de casamento;
  • convites empresariais;
  • embalagens;
  • etiquetas de roupas;
  • tags de produtos ecológicos;
  • blocos de anotação;
  • calendários;
  • envelopes;
  • menu de restaurantes;
  • porta-copos;
  • folders institucionais;
  • flyers de divulgação;
  • avisos de porta;
  • marcadores de livro.

Muito bem, agora você conhece o papel semente, uma solução pós-consumo cheia de vida para reduzir de forma graciosa o nosso impacto sobre o meio ambiente. O item ainda é uma bela lembrança da frase que proferiu Lavoisier: “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

Curtiu esse conceito? Então, compartilhe o post nas suas redes sociais e nos ajude a espalhar essa ideia!