Marketing de oportunidade: tudo que você precisa saber para colocar em prática.

Marketing de oportunidade: tudo que você precisa saber para colocar em prática.

Por Thiago Rodrigues - 16 de setembro de 2021 -

Você já ouviu falar em marketing de oportunidade? Bom, algo que provavelmente você já sabe é que, independentemente do segmento de um negócio, é importante adotar estratégias que sejam capazes de engajar o público e trazer um grande volume de clientes para a empresa, certo? Nesse sentido, investir em excelentes estratégias de marketing é imprescindível e, para isso, é fundamental estudar o público consumidor e pensar em ações que possibilitem a marca ser encontrada.

Pois então, entre as estratégias de negócios, uma das vertentes que têm ganhado espaço é o marketing de oportunidade. Sabe por quê? Porque ele permite que a empresa consiga usufruir de todas as vantagens que citamos acima, além de muitos outros benefícios que precisamos destacar aqui.

Pensando nisso, preparei este texto para que você entenda bem o conceito e saiba como o marketing de oportunidade pode ajudar a aumentar a audiência da sua marca. Aproveite a leitura e se aprofunde no tema! Vamos lá!

O que é marketing de oportunidade?

Em linhas gerais, qualquer marca que use alguma celebração cultural, data comemorativa, tendência, acontecimento da atualidade ou até uma determinada ação de um concorrente, por exemplo, está fazendo marketing de oportunidade.

Ou seja, é pegar carona em acontecimentos do dia a dia para divulgar e promover a marca, a fim de ganhar visibilidade, aumentar a audiência e até melhorar as vendas do produto ou serviço vendido.

Dessa forma, podemos ver essa estratégia sendo trabalhada em vários cenários e formatos diferentes, como:

  • campanhas de respostas para propostas e ações, ou até mesmo para alegações dos concorrentes;
  • campanhas de Páscoa, Natal, Dia dos Pais, Dia das Mães etc.;
  • ofertas que utilizam como um gancho as reportagens ou pesquisas que são mostradas em blogs, jornais, revistas ou programas de televisão;
  • campanhas extraordinárias elaboradas em resposta a estudos, entrevistas, acontecimentos, tendências e reportagens, por exemplo.

Todas essas ações devem ser entendidas pelo público como algo realmente oportuno, ou seja, um bate-papo ou posicionamento propício para o momento. É fato que muitas delas já estão muito bem consolidadas, logo o segredo aqui é ser criativo e espontâneo para conseguir destaque.

Como funciona?

O nome dessa ferramenta já mostra bem como ela funciona: marketing de oportunidade, ou seja, a ideia principal é aproveitar uma oportunidade repentina para realizar alguma ação de marketing e, com isso, conseguir chamar a atenção do público. Você deve estar se perguntando: como assim repentina? O que isso quer dizer?

É simples de entender: oportunidade repentina é tudo aquilo que acontece no nosso dia a dia e que conquista um grande destaque nas mídias, por isso pode ser considerado como uma oportunidade.

Qual é o objetivo dessa estratégia?

O objetivo do marketing de oportunidade é aproveitar assuntos e tendências que estejam em alta em um dado momento para promover determinado produto ou serviço, ou até mesmo uma marca. Vale destacar que essa estratégia tem crescido bastante, sobretudo no meio digital, até porque esse é o local em que as informações acabam se propagando com uma velocidade muito maior hoje em dia.

A proposta dessa ferramenta é atrelar uma marca, empresa, produto ou serviço a algum elemento que esteja se destacando nos dias atuais. Resumindo, é uma forma muito valiosa de trazer a atenção do público para o negócio, aumentar o engajamento e, claro, promover ideias.

No entanto, considerando o comportamento tão interativo e antenado dos consumidores atuais, só tem a ganhar quem vai muito além de apenas inserir a marca nos assuntos e festejos do momento. É necessário criar formas de conversar e de conectar o consumidor com a empresa.

Nesse sentido, um bom caminho é apostar em dois grandes pilares do marketing de conteúdo: pesquisa e linguagem. Isso mesmo, é preciso fazer um trabalho muito grandioso nesses dois pontos, pois assim se consegue alcançar resultados satisfatórios. Então, o planejamento de marketing deve ser feito com muita calma e reflexão.

Por que vale a pena colocar em prática?

Quando você usa o marketing de oportunidade como uma estratégia, mostra que está atualizado a respeito dos assuntos em alta, além de deixar claro que participa ativamente no meio digital.

O resultado disso? A comunicação com a sua audiência melhora significativamente, e isso gera uma identificação bem maior com a marca, o que aumenta muito o engajamento. Só essa razão já é o suficiente para colocar essa estratégia em prática, não é mesmo?

Mas há ainda muitas outras vantagens. A visibilidade, por exemplo, é um grande motivo, seja por conta de algum acontecimento de impacto considerável, seja em uma data comemorativa. A marca que aborda um assunto que está sendo comentado pelas pessoas consegue se destacar facilmente.

Agora vamos falar sobre a questão financeira? Sim, isso mesmo, esse é outro benefício dessa estratégia, já que o marketing de oportunidade tem custos bem menores quando comparamos com as campanhas convencionais. E quando ele é feito de maneira acertada, pode trazer resultados iguais ou até maiores do que de outras estratégias de marketing.

Por fim, você tem a oportunidade de viralizar nas redes sociais, aumentando, dessa forma, o alcance orgânico da marca. Isso certamente traz um público maior, além de ser uma grande chance de conseguir mais negócio e ficar conhecido por outros nichos.

Bom, não há dúvidas de que essa estratégia contribui para gerar vantagem competitiva para a empresa, justamente por dar a oportunidade de destacar a marca e os produtos ou serviços perante tantas outras que existem no mercado.

Quais as diferenças quando aplicado no marketing online e offline?

Como falamos, essa estratégia com certeza ficou mais em evidência no mundo digital. Porém, também é possível usá-la no marketing offline — embora este trabalhe em conjunto com o online. Afinal de contas, o maior propósito é alcançar o público-alvo, garantir o engajamento por meio da ação e fazer com que ele fique bem mais próximo da empresa.

Seja no universo digital, seja no offline, quem está operando a estratégia tem que saber que o impacto das ações pode ser positivo ou negativo. Por essa razão, o mais indicado é sempre planejar muito bem todas as ações de oportunidades para não cometer gafes que podem prejudicar muito a marca — inclusive para sempre.

Quando a marca decide pegar carona nos temas e tendências que estão em alta, um fator muito importante para garantir o sucesso da ação é ter criatividade. Lembrando que é preciso estar preparado para uma grande quantidade de comentários que vai chegar até a empresa.

Como aplicar em datas comemorativas?

As oportunidades vão muito além de memes, notícias e reportagens que acabam viralizando na internet. É possível e muito indicado pensar as ações de marketing por meio de datas comemorativas, por exemplo. Há o Dia das Crianças, Dia dos Namorados, Natal, Dia da Pizza, Dia do Amigo, enfim, são muitas opções.

Aqui vai uma dica valiosa: procure dias que estejam relacionados com o público da empresa ou até mesmo com um produto ou serviço em lançamento.

Quais as principais ações de marketing de oportunidade?

Tem se falado bastante que, no marketing digital, é fundamental conhecer o público. No entanto, algo que as empresas de sucesso mostram para todos é que é preciso mergulhar totalmente no mundo dos consumidores e clientes para conquistar resultados incríveis.

Então, o passo mais importante para começar a aproveitar as oportunidades é colocar essa dica de sucesso em prática. Como fazer isso? Da seguinte forma:

  • estudando o público: é preciso avaliar a satisfação das pessoas, conseguir feedbacks, analisar o comportamento delas nas redes sociais e em outros canais e até mesmo entender a psicologia das cores, para determinar como as tonalidades afetam as decisões das pessoas, por exemplo;
  • analisando os concorrentes: fazer um acompanhamento constante das ações que a concorrência está tirando do papel, assim como buscar a opinião do público em relação a essas ações;
  • analisando as mudanças de mercado: é essencial se informar sobre pesquisas, tendências e ferramentas que estão sendo usadas no momento.

Agora, levando em conta especificamente o marketing de oportunidade, há algumas iniciativas relevantes para serem tomadas. Veja algumas a seguir!

Tente sempre falar a língua do público

A linguagem é um critério que não pode ser subestimado quando o assunto é marketing de oportunidade. Se você deseja estabelecer uma linha de comunicação com o público, não vai adiantar muito produzir conteúdos incríveis se eles não forem entendidos ou aceitos pelas pessoas para as quais estão sendo destinados.

Então, tente estar sintonizado com o público da marca. Na prática, isso quer dizer que você tem que incorporar a linguagem e também a postura da persona. Por exemplo, se o seu público é jovem, uma dica é usar gírias, memes e conteúdos que sejam interessantes para essa faixa etária, mas sempre com bom senso e cautela.

Agora, se o público é mais restrito ou conservador, um tom mais formal vai fazer todo sentido e agradar essas pessoas. Portanto, de forma resumida, tudo vai depender do perfil da sua audiência e, claro, do tipo de posicionamento que a marca deseja adotar.

Esteja presente nas redes sociais

É um grande erro aguardar uma deixa para ficar próximo da sua audiência. Lembre-se de que, se a marca se manifestar somente em momentos de oportunidade para se promover, o público pode ver as ações como oportunismo.

Por isso, é importante estar sempre interagindo com o público, inclusive em momentos de menor engajamento. Procure sempre criar expectativas e fazer com que as pessoas fiquem esperando novos posts, comentários e ações da marca.

Sempre acompanhe as atualidades

Caso você não fique por dentro dos principais acontecimentos do mercado e do país, por exemplo, certamente não vai conseguir encontrar as janelas de oportunidade para fazer as campanhas.

Ou seja, isso mostra que é preciso ficar sempre ligado no que está acontecendo em torno do seu público, dos seus ideais e das suas práticas, constantemente procurando destacar os aspectos mais essenciais e relevantes para seus negócios e para a sua audiência.

Defina um time de profissionais especializados

Ficou bem claro que esse é um trabalho complexo que demanda bastante estudo, pesquisa e monitoramento, certo? Portanto, é preciso se dedicar. É por isso que contar com uma boa equipe nessa comunicação pode ser uma ótima estratégia, sobretudo quando se olha para a operação.

Sem dúvida alguma, estar disponível ou ter alguém disponível diante de qualquer oportunidade que apareça pode fazer total diferença no desempenho da estratégia.

Quais os principais cases de sucesso?

São muitas as empresas que fazem uso do marketing de oportunidade, sobretudo as que contam com uma audiência jovem, conectada e antenada com tudo o que está acontecendo nas mídias.

Aqui eu trago alguns cases de sucesso bastante interessantes para que você possa conhecer mais e ter inspiração. Confira!

Burger King

Muitos sabem que em várias campanhas do Burger King há a presença da rivalidade com seus concorrentes, e um deles é o McDonald’s. Pois então, há 3 anos, no Halloween, uma data comemorativa muito especial nos Estados Unidos, o Burger King teve a ideia de se “fantasiar” de McDonald’s. Assim, quando os clientes pediam o lanche, ao abrir, encontravam uma frase que falava que era brincadeira e que eles ainda grelhavam os hambúrgueres no fogo.

Netflix

A Netflix é uma marca que não deixa passar qualquer oportunidade para fazer marketing. A empresa está sempre aproveitando memes para criar campanhas com criatividade, por exemplo.

Acontece que, em 2016, ela convidou uma pessoa bem famosa da comunidade LGBTQIA+, a Inês Brasil, para divulgar uma nova temporada da série Orange is the New Black. Então, mostraram a famosa interagindo com a protagonista da atração. Obviamente que o resultado foi incrível, e as pessoas compartilharam muito nas redes.

Seara e o Chaves

Quem é que não se lembra do lanche preferido do personagem principal do seriado que é sucesso há tantas décadas, não é mesmo? O sanduíche de presunto do Chaves. E claro que a Seara teve a brilhante ideia de aproveitar a oportunidade para homenagear o personagem ao comemorar os 30 anos de exibição do programa aqui no Brasil.

Ponto Frio

Essa é uma marca que já provou para o público que sabe bem usar a criatividade nas campanhas de marketing e de remarketing. Certa vez, a loja criou um logo no qual usava a série Breaking Bad, brincando com o nome e fazendo referência ao seu mascote, o pinguim. Claro que o público adorou a brincadeira.

McDonald’s X Bob’s

Lembra-se do grande embate entre o Bob’s e o Mc que acabou chamando a atenção de muitas pessoas? Bom, as duas marcas brigaram para decidir quem é que teria a exclusividade do milk shake de Ovomaltine. Embora várias redes de fast food tenham esse mesmo produto em seus cardápios, o principal ingrediente dessa bebida não pode ser citado se não for pelo McDonald’s.

Com isso, muitas marcas acabaram aproveitando toda essa polêmica para dizer que também vendiam o milk shake tão famoso. Uma delas foi o Burger King, que divulgou que tinha o “milk shake com o-ingrediente-que-não-pode-ser-nomeado” em seu cardápio. Outra marca que não perdeu a oportunidade foi o Giraffas.

McDonald’s e o Sundae & Junior

O McDonald’s decidiu aproveitar a grande repercussão que a turnê da dupla Sandy & Junior teve e entrou com um combo especial para atrair o público. Não há campanha mais criativa e mais simples que essa, não é mesmo?

Quais são os erros que precisam ser evitados?

Um grande benefício do marketing de oportunidade é o potencial enorme que ele tem de trazer os holofotes da mídia para as empresas. No entanto, não podemos deixar de mencionar que esse também é um grande ponto fraco da estratégia, afinal de contas, as responsabilidades envolvidas são gigantescas. Diante disso, há erros que não são toleráveis.

Para que você não os cometa, vou citar aqui os principais que muitas empresas acabam efetuando ao adotar a estratégia. Confira quais são!

Mentir ou partir para o desrespeito

Há muitas gafes polêmicas no marketing e na publicidade, concorda? Grande parte delas podem ser evitadas com apenas um simples e rápido trabalho de pesquisa e de revisão. Contudo, existem duas coisas que conseguem manchar a reputação de uma marca: mentir e desrespeitar.

Por essa razão, o ideal é sempre analisar com muita atenção e cautela o impacto da comunicação em diferentes esferas da sociedade e, claro, cuidar para que os conteúdos contemplem os valores, as crenças e a diversidade de diferentes grupos.

Em relação às campanhas dirigidas aos concorrentes do negócio, todos esses cuidados precisam ser tomados e nunca, em hipótese alguma, deve-se recorrer a boatos e mentiras. Lembre-se de que expor outras marcas do mercado nas campanhas, sem ter uma autorização para isso, é considerado um crime. Ou seja, é melhor agir de acordo com a lei para evitar penalidades que podem prejudicar para sempre a marca.

Falhar no uso da linguagem

Nesse tipo de comunicação, é preciso ter em mente que a linguagem é um fator extremamente sensível, certo? Basta que você use determinados elementos nas ações para que o público interprete de forma diferente.

Então, tenha bastante cuidado na hora de escolher os elementos e os recursos que vão fazer sentido para o público. O mais indicado é sempre fazer alguns testes com pequenos comentários ou posts em momentos de menor agitação.

Abordar temas polêmicos de forma inconveniente

Ao planejar as campanhas, você tem que considerar algo que é muito peculiar no comportamento da população nos dias de hoje: a polarização — afinal de contas, ela se manifesta com muita frequência nas redes sociais.

Portanto, é fundamental que você analise bem os temas abordados e também o posicionamento que as marcas têm adotado, especialmente quando o assunto é polêmico, como ciência, religião, lutas sociais e política. Lembrando que esse rigor é válido para todo tipo de conteúdo que você usar na hora de fazer a campanha, como imagens, vídeos, textos ou fotografias.

Bom, como você pôde notar, o marketing de oportunidade pode ser uma grande estratégia para dar aquele up na presença digital da marca. Mas é preciso ressaltar que bom senso e cautela não podem faltar na hora da criação das campanhas que abordem temas que dividem opiniões e podem ser polêmicos. Como todos sabem, dependendo da maneira como são abordados, humor e memes de modo geral podem acabar gerando desconforto no público.

Um exemplo de estratégia de marketing de oportunidade que não foi nada feliz, pois foi usada de maneira errada, gerando ódio e repulsa entre os consumidores, é a das Lojas Marisa.

A empresa foi alvo de muitas críticas nas redes sociais porque ela criou uma campanha malfeita por meio da frase “Se a sua mãe ficar sem presente, a culpa não é da Marisa”. Por que foi um erro? Porque a marca estava pegando o gancho da situação de quando o ex-presidente Lula depôs na Lava Jato, sendo que, no depoimento, ele tentava justificar a possível aquisição do tríplex dizendo que Marisa, sua esposa que faleceu em 2017, teria visitado o local e que o objetivo de comprar o imóvel era dela. Ou seja, ela não teria como dizer o contrário.

Enfim, isso mostra que uma campanha de marketing de oportunidade, quando não é bem planejada de maneira lúcida e de forma estratégica, pode acabar causando um impacto bem ruim para a marca. E essa impressão desgastante pode ficar para sempre na mente dos consumidores, tudo graças a uma campanha problemática.

Diante disso, é fundamental, antes de criar a campanha, analisar atentamente o comportamento do público diante do fato. É preciso entender como ele se comporta e de que maneira responde a ele. Com essa análise feita, é possível decidir se vale a pena ou não aproveitar a oportunidade.

O grande segredo do marketing de oportunidade é fazer a marca entrar na conversa do público. Seja focando na simplicidade, seja em campanhas bastante relevantes, o que vai garantir o sucesso será o diálogo positivo com a audiência. Seguindo as dicas e evitando os erros que citei aqui, você certamente vai conquistar ótimos resultados e ter mais produtividade com as campanhas focadas em marketing de oportunidade.

E aí, o que achou do texto? Gostou de saber mais sobre como colocar o marketing de oportunidade em prática? Aproveite e compartilhe o artigo nas suas redes sociais para mostrar aos seus amigos que está por dentro dessa estratégia tão eficaz!