Você já ouviu falar em branded content? Entenda o que é e como fazer

Você já ouviu falar em branded content? Entenda o que é e como fazer

Por Thiago Rodrigues - 17 de junho de 2020 -

Branded content é uma das maneiras mais interessantes de levar uma marca ao público. Isso porque essa exposição ocorre de forma divertida, seja em vídeos, textos ou áudios (como os podcasts), enquanto as pessoas estão se informando ou relaxando.

Diferentemente do passado, quando anúncios interrompiam um programa de TV, a leitura de uma reportagem ou a programação do rádio, o branded content se insere na atração que está sendo consumida — tornando-se parte da experiência de entretenimento — ou, em alguns casos, é a própria atração.

Também quer ter um case de sucesso no branded content? Entenda mais sobre assunto lendo nosso artigo até o fim!

Por que investir em branded content?

Há uma série de razões pelas quais investir em ações de branded content é um excelente negócio para as marcas. Confira algumas delas a seguir.

Aproximação entre marca e consumidor

O branded content permite uma aproximação maior entre marca e consumidor, na comparação com anúncios tradicionais. Uma propaganda vista em um outdoor, revista ou TV, promovendo uma marca ou produto, por exemplo, não pode ser compartilhada com os amigos nas mídias sociais.

Porém, um artigo ou vídeo visualizado online tem um alto potencial de compartilhamento, aproximando a marca de potenciais consumidores. Atingir uma audiência maior e aumentar a visibilidade da marca é um dos grandes benefícios desse tipo de conteúdo.

Aumento da presença digital

Como dito anteriormente, o alto potencial de compartilhamento de peças de branded content pode também aumentar a presença digital de uma marca e, ainda, o engajamento do público. Conforme um artigo, vídeo, episódio de podcast, infográfico ou outro material conquista os usuários de redes sociais, maior a presença digital da marca se torna. Se isso for feito de forma constante, melhor ainda.

Consolidação de conteúdo

A consolidação é a combinação de diversos artigos ou postagens de blog em um único conteúdo longo. O resultado é o atingimento de mais autoridade sobre o assunto por parte do site da marca, o que ajuda em uma série de métricas. Os principais benefícios da consolidação de conteúdo são:

  • mais tráfego;
  • melhor ranqueamento nas ferramentas de busca;
  • expansão da exposição da marca.

Diferencial competitivo

Mais do que dizer, por meio da propaganda tradicional, por que um produto ou marca é bom e deve ser escolhido pelos consumidores em vez de seu concorrente, o branded content permite ao público ver a marca “em ação” em um cenário específico.

E isso tudo com a vantagem de não prejudicar sua experiência de entretenimento e sem perturbá-lo enquanto se diverte com informações sobre a marca, tentando convencê-lo a comprar — o que não pega tão bem hoje em dia.

Como fazer branded content?

Agora que entendemos as razões que levam as marcas a investirem em branded content, é hora de ver como fazer com que isso ocorra na prática. Afinal, o público busca cada vez mais os melhores conteúdos para se divertir e se informar. Acompanhe as dicas!

Desenvolva um material atrativo

A primeira dica para o desenvolvimento de materiais atrativos é conhecer sua audiência. Com quem estamos nos comunicando? Isso ainda é essencial na criação de conteúdo, mesmo que não estejamos falando de propaganda tradicional ou mesmo de marketing de conteúdo.

Veja algumas dicas:

  • permaneça fiel à personalidade da sua marca;
  • identifique causas ou grupos de interesse alinhados com os seus valores;
  • tenha uma imagem clara de com quem você está falando e no que eles se interessam;
  • procure temas e formatos de conteúdo populares entre seu público-alvo;
  • avalie seu conteúdo com base em como seus públicos reagiram a ele;
  • consulte as tendências do setor para obter evidências de conceito, ou seja, veja se sua ideia de conteúdo é sólida analisando abordagens semelhantes no passado, no mesmo segmento em que você atua.

Atente à linguagem e ao tom de voz da marca

Ao mesmo tempo em que o branded content deve ser usado como uma forma divertida de expor a marca ao público — seja dentro de um filme, episódio de série ou outro formato —, é preciso levar em conta a sua personalidade. Por isso, respeitar ao máximo a linguagem e o tom de voz da marca é tão importante.

Isso não significa pegar pesado na hora de citar benefícios, vantagens e características do produto — muito pelo contrário. É preciso ser sutil, afinal, não se trata de um anúncio. Ainda assim, ter cuidado com o tom utilizado, para não vincular a marca a uma linguagem que não é a dela e acabar confundindo o consumidor, é essencial.

Escolha os canais certos para publicar o seu conteúdo

O branded content é feito para o público. Por isso, definir claramente a persona antes de desenvolver qualquer projeto é fundamental. Além do básico, como a idade, a profissão, o estado civil e as condições socioeconômicas da persona, é superimportante definir que tipo de conteúdo ela consome.

Assim, a estratégia de branded content terá muito mais condições de ser bem-sucedida. De nada adianta criar um conteúdo de alta qualidade se ele for publicado no lugar errado. Se a sua persona é consumidora de novelas da TV aberta, não adianta posicionar a marca em uma série da Netflix, por exemplo.

Aposte no storytelling

O branded content usa os elementos de storytelling para integrar a mensagem de uma empresa em uma campanha de marketing. Pode parecer simples, mas essa técnica pode alcançar o coração do seu público-alvo de uma maneira que nem mesmo o anúncio mais bem elaborado conseguiria — por isso o trabalho se torna complexo. Como chegar lá?

As emoções são essenciais para a estratégia de conteúdo da marca, e é aí que o storytelling ganha espaço. As pessoas costumam confiar muito mais nas emoções do que em informações — ao menos quando o assunto é tomar decisões de compra. Por isso, encontrar maneiras criativas de vincular emoções a produtos é tão importante. São os mesmos recursos que os diretores de cinema usam para cativar o público, por exemplo.

É por isso que o branded content costuma ser encarado, principalmente, como uma ferramenta que ajuda a contar histórias. A oportunidade de focar a mensagem principal da marca de maneira envolvente influencia ainda mais o público.

Quando os consumidores se conectam a uma marca em um nível emocional, eles são estimulados a agir. As pessoas se sentem convidadas a desenvolver um relacionamento mais profundo com o conteúdo que está sendo oferecido a elas. E esse é o objetivo final do entretenimento criado a partir de estratégias de branded content.

Neste post, a ideia foi mostrar a importância do branded content para uma estratégia de marketing. Como o público, a cada dia, consome cada vez mais vídeos, podcasts e outras formas de entretenimento, associar uma marca a conteúdos relevantes e originais tem sido uma das melhores formas de alcançar as pessoas, sem interromper seus momentos de lazer com anúncios desagradáveis.

Espero que tenha gostado! Agora, que tal se aprofundar mais no assunto? Veja como usar o brand awareness para fazer a sua empresa crescer!